Photoshop, Illustrator e InDesign – Saiba quando usar em sua Criação

Compartilhe !!!

Já ouviu falar dos pacotes de produtos da Adobe Photoshop, Illustrator e InDesign ?

quando_usar_photoshop_indesign_illustrator

Apesar de complementares, Photoshop, Illustrator e InDesign são ferramentas bem distintas.

Se você deseja começar a percorrer seu caminho na área de criação, precisa entender melhor como funcionam.

Que tal se nós te ajudarmos? Veja o que os programas fazem e quando usar cada um deles!

capa-photoshop

Quando usar o Photoshop?

O Photoshop foi o primeiro software de edição e criação de imagens a se popularizar no mundo, acompanhando o crescimento dos computadores Macintosh no início dos anos 1990. Desde então, nos últimos 27 anos, a Adobe vem acrescentando novas capacidades e funções para mantê-lo como o líder absoluto do mercado de criação e manipulação gráfica.

Qual o foco do Photoshop?

O software tem hoje uma flexibilidade muito maior que no passado. O que era um editor básico com algumas ferramentas de criação se tornou o programa para fazer um pouco de tudo, com a possibilidade de fazer até a manipulação de objetos em 3D!

Mas a sua verdadeira vocação continua sendo tratar, editar e criar imagens em bitmap (quando uma sequência de pixels coloridos forma uma imagem). Veja seus principais usos:

Fotografia

O Photoshop ainda é o software número um para os fotógrafos do mundo inteiro. Seus filtros e ferramentas de controle de luz e cores são perfeitos para ressaltar a qualidade das fotos tiradas por qualquer aparelho.

Além disso, as ferramentas de retoque são as mais usadas na área publicitária para correções e incrementos nas imagens.

Pintura digital

Não é apenas na fotografia que o Photoshop mantém sua liderança. O programa é ideal para ilustração e pintura digital.

Seus pincéis, quando usados com uma caneta digitalizadora sensível à pressão, dão bastante fidelidade se comparados às pinceladas no papel, com muito mais variedade, praticidade e controle.

Edição e montagem

Já viu aquelas fotos de fantasma no corredor de hospital? Esse não precisa ser seu objetivo, mas a verdade é que o Photoshop é o responsável por esse tipo de montagem.

Combinações, colagens, sobreposições — esse é o software perfeito para a manipulação e edição de imagens.

capa illustrator c6

 

Quando usar o Illustrator?

O Adobe Illustrator é um programa de criação vetorial desenvolvido antes mesmo do Photoshop. Mas, por ser exclusivo para plataformas Mac em sua primeira década e por demorar a incorporar algumas soluções dos concorrentes, apenas em meados da década passada ele começou a se tornar líder de mercado. Hoje, o Illustrator vem superando seu principal rival, o Corel Draw, até nas empresas mais conservadoras. Isso graças a sua estabilidade e facilidade de lidar com vetores.

Qual o foco do Illustrator?

Ao contrário do Photoshop, que trabalha principalmente com imagens em bitmap, o Illustrator foi feito para a criação vetorial. No lugar de um mapa de pixels alinhados, ele cria desenhos por curvas que nada mais são do que equações matemáticas.

É por isso que na ilustração vetorial a imagem pode ser aumentada ou reduzida à vontade, sem qualquer perda de qualidade.

Veja quando usar o Illustrator:

Ilustração vetorial

Desenhos feitos em vetor são facilmente identificáveis. Geralmente têm curvas mais suaves e cores mais chapadas. Quando um artista precisa criar uma ilustração mais estilizada, principalmente preparada para animação, encontra no Illustrator a plataforma perfeita.

Layouts

Por trabalhar com geometria de uma forma mais simples do que o Photoshop, é mais comum trabalhar layouts e wireframes no Illustrator. Serve para sites, peças publicitárias ou até mesmo desenvolvimento de aplicativos.

Identidade visual

Essa possibilidade de aplicar uma imagem vetorial em qualquer dimensão tornou o Illustrator o software mais usado para criação de logos e identidades visuais.

O software te dá muito mais controle tanto na criação de símbolos e pictogramas, quanto na manipulação de tipografia.

Papelaria e material publicitário

Cartões de visita, panfletos, flyers — você pode usar o Illustrator para fazer vários tipos de materiais publicitários e corporativos. Com ele, fica muito mais fácil e prático manipular ao mesmo tempo ilustrações, geometria e corpos de texto.

capa-indesign

Quando usar o InDesign?

Na década de 1990, a Adobe comprou o programa de diagramação editorial PageMaker. Líder de mercado na época, o software rapidamente perdeu sua relevância.

Entendendo que era a hora de recomeçar do zero, a empresa substituiu o PageMaker no início dos anos 2000 pelo InDesign, que acabou dando a volta por cima e alcançando outra vez a liderança no uso profissional.

Qual é o foco do InDesign?

O InDesign é, principalmente, um software de diagramação. Ele foi criado pensando em editorias, gráficas e peças que precisam manter a informação organizada. Estes são seus principais usos:

Editorial

Entre Photoshop, Illustrator e InDesign, este último é o mais especializado. Se você usá-lo um dia, provavelmente será para a diagramação editorial.

Com seu suporte simples a várias páginas, ele é utilizado para montar revistas, jornais, livros e disponibiliza até um plugin para a confecção de e-books. Suas ferramentas de controle de impressão são perfeitas para grandes tiragens.

Material publicitário

Mesmo que não seja um projeto de várias páginas, o InDesign também é recomendado para a criação de cartazes e panfletos. Como seu foco está na forma de lidar com a informação, você terá o que precisa para criar displays e informativos atraentes e funcionais.

Apresentações impressas

Também é possível usar o InDesign como um “PowerPoint impresso”. Sua capacidade de geração de PDF é ideal para criar apostilas, brochuras e apresentações impressas com bastante grafismo e qualidade de imagens.

Photoshop, Illustrator e InDesign são ferramentas complementares (é possível passar livremente elementos de um para o outro usando um simples copiar-colar). Portanto, se você pretende começar a estudar na área de criação e design, vai provavelmente passar por todos eles.

Porém, saber quando usar cada um desses programas é essencial para não perder tempo de estudo com o foco errado. É só decidir qual deles funciona melhor para o seu tipo de criação e começar a aprender!

Gostou do artigo e quer ler outros textos para solucionar todas as suas dúvidas? Assine a nossa newsletter e comece a recebê-los diretamente no seu e-mail!

_Redação Impacta

Clique Aqui e Conheça Nossos Cursos na Área de Arte e Design

 
Compartilhe !!!